terça-feira, 19 de maio de 2009

A Passagem do Tempo

Hoje queria abrir o armário e ter só coisas perfeitas para vestir. Olhar-me ao espelho e ver apenas um reflexo que me fizesse sorrir. Hoje queria deixar de olhar para aquela nódoa na minha camisa preferida e concentrar-me em tudo o que não está manchado. Hoje queria deixar de olhar a loiça suja à espera das minhas mãos e olhar apenas a loiça nos armários. Perfeitamente arrumada.
Hoje queria poder abraçar-me e confortar o meu corpo tenso demais.
Hoje queria poder viver de amor, chegar-me a ti e inspirar-te como um remédio milagroso.
Hoje sei que tenho que me sentar aqui e ganhar inspiração. Hoje de todos os dias tenho que fechar os olhos e sentir-me tocada por aquele sopro invisível que nos lança as mãos numa correria inexplicável para se manterem ligadas ao pensamento.
Hoje sinto-me pequena e logo hoje que tinha que me sentir gigante.
Às vezes o tempo range quando passa e conseguimos ouvi-lo sussurrar em cada recanto de nós.

20 comentários:

Melissinha disse...

FUUUUU
(sopro de inspiração para ti ;)
Vai correr bem!

Maria M. disse...

Olá Ana!

Já cá tinha estada aqui no teu blog, mas só como Maria! Agr acrescentei o M.! Ainda no outro dia comentei sobre o pobre do Prudêncio! Que Deus o tenha!!!!:)

Sabes, de há uns tempos para cá vir ao teu blog tornou-se um hábito!Ligo o msn, vou aos mails e venho ao teu blog!!! São as primeiras coisas que faço! Tens sempre algo novo para ler. E eu adoro "ler-te"! Obrigada!

Próximo livro: A vontade de Regresso!!! :)

Um abraço!

L. disse...

Todos temos dias assim, mas acredito que o sorriso ou algum carinho da tua filhota te tenha animado.

Assim espero.

beijinhos

Tasha disse...

Pois é Ana. Há dias em que me apetece agarrar no homem e fugir de casa.... A porra é que quado voltamos está tudo na mesma á nossa espera...
Olha coragem.... Isso passa. É o que vale.

Ana C. disse...

Melissa bem preciso :)

Ana C. disse...

Maria M. pois é, estas mudanças de nomes e fotografias do perfil confundem sempre a minha frágil cabecinha :)
Muito obrigada pelas tuas palavras mesmo. Estar tão entranhada na tua rotina deixa-me muito vaidosa, acredita.

Ana C. disse...

L. eu sou muito de humores, tão depressa como acordo mal, sou capaz de me deitar melhor. Obrigada:)

Ana C. disse...

Tasha é bem verdade e mesmo quando fugimos a nossa cabeça insiste em vir pregada a nós. Achas normal? Bjs e obrigada

Rainha Mãe disse...

Hoje também queria fechar os olhos e acordar só amanhã... Um beijinho:)

Ana C. disse...

Rainha Mãe o problema é que não nos podemos dar ao luxo. Força!

Miepeee disse...

Eu queria abrir o roupeiro e ter a roupa passada a ferro ...ahahaha

JBrito disse...

Hoje não queria muito dinheiro.
hoje queria apenas não me preocupar com ele(€€).

Muito bom...

Ana C. disse...

Miepee aqui em casa a roupa por passar cresce numa pilha descontrolada dentro de um cesto. Só quando não temos mais roupa no armário é que chamo uma ucraniana que me dá cabo do cesto em 3 horas. É o dinheiro mais bem gasto do mundo :)

Ana C. disse...

JBrito muito boa é a tua reflexão :)

HannaH Sophia disse...

o dia está quase a acabar e amanha será certamente melhor...como tudo na vida, há o bom e o menos bom, quando às vezes precisamos mesmo do bom, so cnsguimos o menos bom...mas aguentamos...pk amanha o melhor espera-nos!

um beijo enorme!

Banita disse...

Estás melhor? Desculpa, só ter vindo confortar-te agora, mas não me apareceu o teu pedido de socorro nos meus sonhos logo pela minha madrugada! Mas como já estamos no final do teu dia, presumo que já veio uma boa anda e que a onda má ou a má onda, já tenha fugido para parte (in)certa! Sim? :)
Beijinhos de boas ondas

Ana C. disse...

Hannah e já te respondo no amanhã e sim, amanheceu melhor :)

Ana C. disse...

banita obrigada por teres vindo em meu auxílio. Já me sinto mais melhor, como diz a minha filha :)

carl@ disse...

Há dias assim.
Apesar deste teu dia ter sido assim gostei muito desta parte "Às vezes o tempo range quando passa e conseguimos ouvi-lo sussurrar em cada recanto de nós"

Aceita um abraço reconfortante..

Ana C. disse...

Carla antes demais bem vinda! E depois acontece-me vezes sem conta ouvir o tempo passar...
Obrigada pelo teu abraço. Está entregue :)