terça-feira, 27 de outubro de 2009

Fúria Compulsiva

Ando numa estranha fúria de deitar coisas fora. Há quem lhe chame preparar o ninho, há quem lhe chame loucura, há quem lhe chame taradice-maníaco-compulsiva-agravada.
A realidade é que já devo ter dado coisas suficientes para fazer uma pequena aldeia algures no Sudão.
Hoje vou dar uma secretária, uma cama, um baú, uma televisão antiga, a mesa onde ela estava, edredons, cobertores, almofadas.
Alguém me agarre por favor, pois corro o risco de regressar a casa um dia destes e não ter nada além das paredes.
De cada vez que esvazio uma prateleira de inutilidades sinto-me mais leve. Isto não pode ser normal. Onde é que eu estava com a cabeça quando decidi guardar tantas almofadas? Bem sei que andei meses em busca da almofada perfeita, mas se nenhuma me agradava porquê guardá-la?!!!
Talvez isto possa ser explicado com uma vida passada, ou não indo tão longe, num passado recente, pois ainda me lembro que na véspera de ir para o hospital ter a Alice tinha trolhas no quarto a terminarem uma obra e jurei para mim mesma que jamais me deixaria apanhar novamente nas malhas da procrastinação.

17 comentários:

Melissinha disse...

eu ando nessa fúria há meses e, como sabes, ADORO-A.
Quanto menos, melhor. Sem limites.
(Ahammm se a televisão antiga estiver a funcionar, a minha do quarto deu o berro.)

Melissinha disse...

PS - e se um dia chegares a casa e só encontrares paredes, grita HURRAH, consegui.

Lia disse...

estou a precisar de ter uma furia dessas....

Raquel disse...

Não queres vir aqui passar uns tempinhos comigo à holanda? tou a precisar de fazer umas boas arrumações cá em casa e não há meio de começar... precisava das tuas hormonas aqui para inspiração! ahahah
Bjs xx

ADEK disse...

Decoração minimalista está na moda e tudo!:P*

Eva disse...

Quem me dera que essa fúria atingisse os m/ pais, isto é, a minha mãe porque não há nada a fazer...quem manda é ela!
Mas se isso é resultado do teu estado hormonal, parece-me que, aos 73 anos, será pedir muito!!!
Não imaginas o quanto acredito nessa leveza de que falas...e eu até nem sou de acumular muitas coisas! Não imaginas a quantidade de coisas que eu tranformei em dinheiro, ainda que pouco, na Cashconverters. Evito sobretudo comprar sem pensar...o que às vezes também se revela útil a evitar comprar apesar de pensar: é que durante a minha pausa de reflexão algué vai à loja e quando eu chego...já era!

Ana C. disse...

Melissa lamento imenso, mas a REMAR já veio e saiu desfeita em agradecimentos e com a carrinha cheia de boa vontade :)

Ana C. disse...

Lia do que é que estás à espera? Deixa a fúria penetrar...

Ana C. disse...

Raquel se não tivesses cuidado ainda ias tu para dentro do contentor do lixo, tal é o meu estado :)

Ana C. disse...

Adek ahahahah, lá isso é verdade :)

Ana C. disse...

Eva a minha mãe não é como a tua, pois até o meu vestido de noiva, que lhe pedi que guardasse com todo o carinho (eu também devia estar parva), ela deitou fora com a maior das caras de pau. Mas os pais do Hugo são assim, não se desfazem de rigorosamente nada... Só pegando fogo à casa mesmo ;)

Eva disse...

O vestido de casamento???!!!...a minha ainda tem os dos baptizados!!!!

Precis Almana disse...

Os teus posts e os comentários da Melissinha são a unha e a carne :-D Farto-me de rir!

Ana C. disse...

Eva ahahahahahahahah eles têm que vir fazer um curso com a minha mãe ;)

Ana C. disse...

Precis estamos aqui para isso ;)

Melissinha disse...

Deste à IURD???
NÃO FALO MAIS CONTIGO!

Ana C. disse...

Melissa a Remar é da IURD?????? Agora é que me lixaste. Vou buscar tudo de novo!!!!! AHHHHHHHHHHHH que raiva!!!!!!!!