sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Mais uma Pérola da Minha Condição

Porque é que eu não consigo espirrar só uma vez, discreta e suavemente, como quem suspira?
Porque é que nesta época de pandemia em que tudo se alarma quando o tipo atrás de si na fila do supermercado desata a tossir e a espirrar sem se dar ao trabalho de enfiar a cara no sovaco, eu tinha que ter ataques de 16 espirros seguidos?
Mesmo que o faça para a dobra do braço, ou para a sovaqueira perfumada, não há como impedir os olhares esgazeados na minha direcção.
Às vezes basta o cheiro do perfume Patcholi de alguém a passar por mim para desencadear a avalanche incontrolável de espirros.
E o pior, o mais grave, o mais humilhante, não, não vou dizer, não posso dizer...
Está bem eu digo, perdida por 100, perdida por 1000 e quem já esteve, ou está de esperanças (ai que belo) vai entender.
O pior é que neste estado de graça gestacional, se estiver bem aflitinha para ir à casa de banho, o que acontece mais ou menos de meia em meia hora, corro o sério risco de por cada espirro que dou, libertar um pingo da minha vontade natural. Ou seja, se der 20 espirros, já não vou precisar de ir a correr para a casa de banho...

* Acho que me estou a tornar especialista em auto-humilhação pública, mas quando tudo o resto falha, não há como nos rirmos de nós próprios para animar o dia :)

14 comentários:

Melissinha disse...

Tena mini.

Lia disse...

lolol... nem sei o que dizer... só cnsigo rir e imaginar a situação...

Estado Puro disse...

Ok! Só posso dizer-te que sei exactamente aquilo que estás a dizer. Estando de fora dá vontade de rir mas quando nos está a acontecer a nós... valha-nos Deus!!

Eu uso pensos diários mas agora que li o comentário acima... tena mini... quem sabe!!:)

Madame Pirulitos disse...

O comentário anterior é meu! Mas andou em mudanças no meu blog e está aser muiiito difícil perceber patavina!!

Melissinha disse...

Tena mini salva dignidades.

Raquel disse...

Eu apoio esta partilha franca e honesta sobre humilhações públicas! Onde é que eu ía buscar um ataque de riso tão delicioso a esta hora se não fosse a tua história sobre os ataques de espirros? AHAHAH!!!

Ana. disse...

Eu adoro-te!!
A sério, não há volta a dar-lhe!
A tua "vontade natural"?!!
Tu és impagável! Não existes, pronto!
Muito bom, mesmo!!!

;)

eme disse...

Uma das formas mais inteligentes de humor, essa de termos a capacidade de rir de nós próprios.
Outra coisa não seria de esperar nesta morada;)
Bom fim - de - semana

Ana. disse...

Ó pá, eu também ainda não parei de me assoar e de espirrar de dois em dois minutos!

Help!

mãeee disse...

Muito bom, muito bom mesmo essa tua capacidade de alegrar o teu e o nosso dia com notas de puro humor ...
a da "tua vontade natrual" passará á história, podes estar certa ...
Beijos, muitos beijos

Joanissima disse...

Andas in-jumbo??
(piadinha só para mebtes muito à frente... ahahahah)

Deixa lá... vai mazé treinando a musculatura da saída da tua vontade natural senão, quando desovares, isso passará de condição a eternidade... (conselho do meu médico que levei muito à letra).

Quanto à tua pseudo auto humilhação, deixa lá isso... Eu não confessei já aqui que namorei com um lelo??? mas tu estas a brincar ou que????

MARIINHA disse...

Ana, deves estar com alguma alergia a certos cheiros, não? Sei bem o que custam, os espirros, a tosse e até rir muito, quando estamos nesse estado "de graça".Mas claro que tive de me rir.Todas passamos por isso.
Ana, aproveito, que vim até à tua casa virtual, para te agradecer as palavras amigas que tens deixado lá pela Mansarda.
Agradeço-te muito. Desejo-te um bom fim de semana (sem espirros). Beijinhos

Only Words disse...

Oh jazuzzz, eu é que tenho de ir à casa-de-banho cada vez que leio as tuas partilhas, de tanto me rir! :))))

Precis Almana disse...

Claro que foi para o teu bebé ;-)
Bom fim-de-semana!