terça-feira, 28 de julho de 2009

E Agora as Séries






Tal como os filmes marcaram muito intensamente a minha adolescência, também as séries de televisão se gravaram cheias de força na minha cassete de memória.
Lembro-me de desligar o meu Walkmen amarelo da Sony e de me sentar no chão, bem em frente da única televisão lá de casa com a minha irmã para assistirmos às nossas séries de culto.
Houve tantas, mas tantas séries importantes, por isso foi tão complicado fazer uma compilação decente. Não pus fotografias do Duarte e Companhia, do Alf, do Modelo e Detective, nem do Justiceiro a chamar o Kitt pelo relógio, simplesmente porque dá muito trabalho carregar tantas imagens, mas eles também estão aqui bem vivos dentro de mim :)
O incontornável Verão Azul faz-me sempre lembrar um episódio em que os amigos para não se desbroncarem com um segredo passaram o tempo inteiro a responder a tudo: "Talvez" e eu e a minha irmã decidimos imitá-los, passando dias a fio a responder "talvez" a tudo e todos.
Quem Sai Aos Seus com o Alex e a Mallory. Como eu gostava de ter uma casa como a deles e uns pais tão porreiros.
o Dempsey and Makepeace, essa dupla apaixonante de detectives que se envolvia nas mais emocionantes aventuras.
O MacGyver sempre pronto a sair de um bunker ao mesmo tempo que desmontava uma bomba, apenas com um canivete suíço e muita saliva.
A Bela e o Monstro. Como aquele Monstro que vivia nos esgotos era querido e medonho ao mesmo tempo e como fazia tudo para salvar a sua amada de todos os males.
Não é incrível como podemos passar a nossa vida toda a pente fino só através das músicas, filmes e séries de televisão?
Só de falar nisto tudo bateu-me uma profunda nostalgia...

18 comentários:

miriam_ferreira disse...

E não achas fantástico como os nossos filhos tem acesso a maior parte das séries em DVD ? O meu adora a música do genérico do "Verão Azul". Acho que a nível televisivo tivemos uma infância fantástica e nos conseguíamos contentar com o pouco que tínhamos. E os desenhos animados ? O Tom Sawyer, o Dartacão, tantos... È a saudade bateu!

Pelursa disse...

Ai o que eu sossegava ao ver o Tom Sawyer ... e ando a comprar os DVD`s ao puto :)

Miguel disse...

E o mais impressionante é reveres as séries nos "canais memória" da cabo e ainda ficares preso ao ecran!!

Ana C. disse...

Miriam o problema é que acho que a minha filha não vai achar piada nenhuma. Já tentei o Dartacão que até dá no canal Disney, mas ela não gostou. Tem aquele aspecto antigo...

Ana C. disse...

Pelursa e a música do Tom Sawyer, lembras-te?

Ana C. disse...

Miguel sem dúvida, é caso para dizer: Ó tempo volta pra trás :)

Banita disse...

Fui fã de todas as que mencionaste e tb me lembro bem desse episódio do Verão Azul e de um outro em que a Bea estava "periodica" e os putos fartaram-se de falar nisso! LOL Adoro a música do genérico dessa série!
Bons tempos!
Beijinhos

InêsN disse...

eu do monstro recordo especialmente aquela voz sussurrada... :)

e vi noutro dia (na rtp memória) o episódio do "talvez" do verão azul...o que me ri a relembrar aquilo! :)

realmente somos de uma geração marcada pelas séries de tv!

Ana Alvarez disse...

A minha filha adora os DVD`s que a minha mãe lhe ofereceu da Abelha Maia e do D´Artacão, é engraçado quando a vemos perguntar tanto a mim como ao pai se também viamos aqueles bonecos.
É bom rever a nossa infância pelos olhos nossos filhos.

Precis Almana disse...

Em comum contigo, só o Verão Azul :-)
As que eu simplesmente adorava: "Homem rico, homem pobre", "Balada de Hill Street", "Fame", "Trintões" (esta já andava na faculdade).
E claro que o Dallas (agora acharia abominável!)

Joanissima disse...

E o Modelo e Detective???

Uuuuuuuiiii... O bruce... pá.... ganda Bruce.... Era pra vidinha com aquelas covinhas... uuuuuiiiii.... canelo!!!!

Ana C. disse...

banita bons tempos mesmo ;)

Ana C. disse...

InêsN a nossa geração teve muita coisa boa mesmo :)

Ana C. disse...

Ana Bem vinda e obrigada por teres vindo aqui espreitar ;)
Sabes que a Alice não gosta do Dartacão? Confesso que foi um grande desgosto para mim, talvez quando for um bocadinho maior eu volte a tentar...

Ana C. disse...

Precis a Balada de Hill Street também era uma rotina de família lá por casa e o Dallas e a Dinastia ;)

Ana C. disse...

Joaníssima sua distraída, eu falo do Modelo E Detective, como esquecer esse mito. O Bruce novinho, a Cybil Sheppard linda e a conduzir o seu BMW branco descapotável.....

disse...

Ás vexes tenho momentos assim. Sou da tua geração e por isso, bastou-me o teu post para ficar nostálgica ;)

PP_FANTASMA disse...

É pá, eu conheço essa geração:)