quinta-feira, 9 de julho de 2009

Mais Uma Pérola Justa

Eu estudei Direito e, apesar de não ter seguido a carreira das leis, sei o suficiente para poder dizer que a culpa destas alarvidades não reside no legislador, como muitas pessoas insistem.
Lembro-me do crime de Infanticídio e de como representa um tipo de culpa atenuada, por a mãe se encontrar sob um estado de espírito perturbado logo a seguir ao parto. Mas a escolha de encaixar, ou não, um determinado comportamento na moldura legal cabe ao interprete da lei, a quem julga. E mais uma vez falta uma coisinha importante na mente do interprete, um detalhe insignificante: BOM SENSO.
4 anos de pena suspensa para uma mulher que matou o filho à nascença, estrangulando-o e e escondendo o corpo numa arca frigorífica é absolutamente estonteante.
A dita mulher alega em sua defesa não ter condições económicas para mais um filho. Ora ela não sabia disto antes? Não é evidente que esperou o termo da gravidez para levar a cabo um acto que já deveria ter bem pensadinho na sua cabeça de génio? E o requinte frio e maquievélico de esconder o corpo dentro de um congelador para mim diz tudo. Mas isto sou eu que sou leiga. Que nada sei dos contornos do caso e das nuances psicológicas da mulher. Isto sou eu, uma comum cidadã, que entende que uma gaja destas (ainda por cima com mais dois filhos que qualquer dia levam o mesmo destino quando faltar dinheiro para a sopa) devia ser condenada por homicídio qualificado.

16 comentários:

Kelle disse...

Se não podia sustentar mais um filho, porque é que foi mãe há dois dias? Alguém me explica! Esta gaja queria era uma laqueação de trompas e um enxerto de porrada até ficar toda negra! Há gente que não merece por cá andar!

HannaH disse...

acho que o pior mesmo é ter voltado a engravidar, nao ter sido obrigada a uma laqueação, por exemplo! agora ficamos sentadinhos à espera que ela mate o filho que acabou de ter??

nem sequer vou entrar no campo da psicologia, porque me parece secundário nesta situação. o que interessa é: esta mulher matou um filho recem nascido, com requintes de malvadez (fosse isso provocado p estado psiquico k fosse, nao importa. importa k o fez) e agora teve outra criança. se foi mau darem-lhe pena suspensa, foi pior deixarem-na com a liberdade para voltar a por no mundo uma criança.

sem mais comentarios q esta historia remoi-me nas entranhas!

Melissinha disse...

É uma psicopata. Para mim, pobre leiga, os psicopatas têm de ser tirados de circulação indefinidamente. São um perigo.

mãeee disse...

O que me choca profundamente é a nova gravidez ... um novo bebé ... nos braços da mesma pessoa psicologicamente tão instável que levou uma gravidez anterior a termo e fez o que fez ...

ML disse...

Exacto. As nossas leis penais permitem sempre uma via de punição mais leve e menos agravada para o criminoso.

Este caso é dos mais revoltantes que me lembro. Acabou de matar um filho (estrangulando-o) e já tem outro - mais os 3 que tem para cuidar.

Tal como os pedófilos, que deviam ser castrados...esta mulher devia ser obrigada a tirar os ovários.
E ser internada. E ficar sem os outros filhos.
Enfim...

MARIINHA disse...

É acabou de ter outro bebé. Está neste momento hospitalizada, por isso não ouviu a sentença. Vamos ver, agora o que vai acontecer. Irão entregar-lho?

Luz de Estrelas disse...

E aquele que regou a namorada com gasolina e lhe ateou fogo. Levou oito anos porque não foi provada a intenção de matar. Ele só queria pô-la quente e fazer-lhe umas cócegas, está visto.

Only Words disse...

Acho que este tipo de situações conseguem roçar a hipocrisia humana. Como é que alguém que faz o que esta pessoa fez tem uma condenação destas?
As alegações de defesa são despropositadas, ridículas para os dias que correm. Começo a não perceber o valor da justiça no nosso país, o que me deixa tremendamente preocupada!

Ana C. disse...

Kelle a gaja é uma psicopata e o que mais me mete nojo é a nossa justiça mesmo.

Ana C. disse...

Hannah e eu que nunca fui apoiante da justiça popular, estou cada vez mais adepta da única forma de se fazer justiça neste país.

Ana C. disse...

Melissa nem mais. A mulher é psicopata, tem o perfil perfeito de uma, porquê ficar em liberdade' Ah sim, já sei estamos em Portugal!

Ana C. disse...

mãeee esta é a prova que ela agiu friamente quando matou o outro bebé.

Ana C. disse...

ML os pedófilos quanto a mim são impossíveis de regenerar, por isso prendê-los não cumpre qualquer função além da punição. Eles têm que ser castrados quimicamente, é a única forma de evitar que voltem a abusar de crianças. Olha nem me fales em pedófilos que eu vou ali vomitar as entranhas e já volto.

Ana C. disse...

Mariinha quanto a mim ela fica com o bebé. Vamos esperar para ver.

Ana C. disse...

Luz de Estrelas sim ele queria fazer um churrasco e enganou-se. A namorada tinha cara de grelhador.

Ana C. disse...

OnlyWords eu já ando preocupada há muito tempo com o estado da nossa justiça...