segunda-feira, 6 de julho de 2009

Um Mundo Inteiro

Desde muito nova que tenho o vício de olhar.
Olhar as pessoas, olhar em volta, olhar para dentro, olhar para fora. Olhar e ponto.
Sou capaz de passar tempos infinitos sentada numa esplanada a olhar, a apreender tudo o que passa por mim, sem precisar de um livro, ou revista que disfarce o facto de estar sentada a sós comigo mesma, pois o que vejo é a minha companhia.
Gosto de adivinhar a vida dos outros, estudar os gestos, decifrar conversas que apanho no ar e tecer à sua volta histórias que imagino. Observar a escolha de um livro numa livraria, de um disco.
Observar casais cheios de afecto silencioso, outros que põem todo o veneno que conseguem numa grande conversa.
Adoro ver o que pedem nos restaurantes, o que bebem, como se tocam, como falam aos empregados.
Posso bem ter errado na profissão, pois detective privada podia pefeitamente encaixar neste feitio compulsivamente observador. Mas muito deste material já me tem ajudado na escrita de ficção.
Penso que alguém fechado ao mundo nunca terá aquela mala interior repleta de sensações que a vida dos outros pode provocar em nós...

9 comentários:

HannaH disse...

sem dúvida..olhar...ou ver com "olhos de ver" ajuda a compreender o mundo, os outros, e a nós mesmos!e faz-nos viajar recriar e contar historias:)

continua asssim que nos gostamos q tu olhes:)

Joanissima disse...

OLhar com olhos de ver.
Gosto e partilho do teu vício.

Miguel disse...

No fundo, no fundo és uma cusca que gosta de espreitar os outros! Uma voyieuse...
;)

Precis Almana disse...

Sua cusca! :-D Brincando... É que eu sou igualzinha! :-p

Ana C. disse...

Hannah aposto que também te fartas de olhar com olhos de ver :)

Ana C. disse...

Joaníssima sua viciada. Mais uma coisinha em comum. Tirando o lombo de porco, somos perfeitas uma para a outra. AH AH AH

Ana C. disse...

Miguel obrigadinha por tirares o romantismo todo da coisa. Uma gaja esforça-se para deixar saltar a veia poética e vens tu...

Ana C. disse...

Precis, duas cuscas portanto :)

Izzie disse...

Eu também faço muito disso...
sento-me numa esplanada ou num banco de jardim e fico simplesmente a olhar.

eu tb gosto*