quinta-feira, 9 de julho de 2009

Momento de Lucidez Materna

Hoje quando tirei as calças de grávida daquela caixa bem guardada no topo do armário sentei e chorei (tal como o livro do Paulo Coelho).
Se chorei de alegria, de êxtase materno, de comoção por este estado de graça precioso?
Não. Chorei ao constatar que no rabo das calças cabiam perfeitamente cinco rabos dos meus e que em cada perna podiam dormir enroscadinhos no seu interior dez jogadores de basquete.
Mas como? Pois se só engordei 11 quilos quando transportava a Alice neste aquário chamado útero?!!!
Voltarei eu a caber ali dentro algum dia? Não é possível, claro que não.
O pior é que sei perfeitamente a resposta a esta pergunta. Eu e o prato de massa com carne guisada à minha frente...

18 comentários:

Melissinha disse...

Isso é bom, minha.
Significa que estás bem para começar o empacotanço.
Pior seria se o teu rabo já coubesse nas tais calças.
(ahammm.)

HannaH disse...

ora bem, como disse a Melissinha, era pior se continuasses ou ja coubesses nelas outra vez!

Miguel disse...

Putas das hormonas!

Sunrise disse...

Significa que estás óptima, com uma linda silhueta. Mantém-te assim :) Uma beijoca

Only Words disse...

Deixa lá, vais ver que desta vez não vais encher as calças, mas se assim for, depressa voltas ao que estás ;)

Sem stress ;)

ergela disse...

Há estás gravida amiga, não sabia?

Que boa novidade, me deste agora, parabens.

:)Um beijo futura mãmã.

MARIINHA disse...

Massa com carne quisada,sem estar grávida. Adoooro! Mas grávida, oh filha, era uma enjoada do pior que pode existir. Não conseguia comer, não podia com cheiros de comida. Passava horrores os 9 meses.Eles nasciam e então é que eu me desforrava. Já vi que tu agora viras tudo. Tem cuidado, porque é a segunda gravidez, és capaz de ficar com mais peso do que da Alice.
Beijinhos Ana

miriam_ferreira disse...

A única coisa que me ocorre dizer-te é ..."como te compreendo!!!" engordei 22kg na 1ª gravidez (nunca tive tanta empatia pelos obesos ...) a única coisa que me deu alento foi a esperança de os perder quando o bébe nascesse e felizmente correu bem.
Não por causa de uma dieta em especial foi mesmo pela privação de sono. Era a fase do "comer ou dormir" e quase sempre ganhava o dormir, quando tinha mesmo de comer, então, comia a dormir! Tinha dias que nem me lembrava de como me chamava ou de onde morava... As alegrias da Maternidade.

Ana C. disse...

Melissa Shut The Fuck, qual começar a empacotar. Só a palavra me enerva!!!!!!!!!!!

Ana C. disse...

Hannah era para me animar, não era? Agradeço o esforço do fundo do coração, mas não resultou muito...

Ana C. disse...

Miguel isso e mais o diccionário de insultos inteiro :)

Ana C. disse...

Sunrise, tal como o teu nome indica, gostas de ver o lado mais luminoso das coisas de certeza :)

Ana C. disse...

OnlyWords depressa? Eu acho que só voltei ao meu normal há poucos meses...

Ana C. disse...

ergela então não sabias? Olha muito obrigada pelos parabéns :)

Ana C. disse...

Mariinha és das minhas, adoro massinha com carne guisada :) E obrigada por me avisares que vou engordar mais nesta gravidez. Fiquei mais animada ;)

Ana C. disse...

miriam eu também sofri privação do sono durante quase 3 meses seguidos, mas sabes que quando estou com muito sono tenho fome? Sou uma desgraçada mesmo...

DIABINHOSFORA disse...

Eu nunca sofri de enjôos, nem na 1ª nem na 2ª, por isso era sempre a "aviar" e engordei 19 kg. Um mes depois tinha perdido 21 kg. Não fiz dieta nenhuma porque simplesmente não sou capaz. O segredo? Simples...os meus dois rebentos mamavam como desesperadas! rsrsrsr

Kitty disse...

Olha eu não estou grávida e já marchava a massa com carne ahahaha
Só para te sentires feliz, se eu algum dia engravidar vou ficar com um rabo que vai chegar ao Cacém e vai dar a volta à Buraca :(