sexta-feira, 3 de julho de 2009

O Menino Da Lágrima


Ao longo da minha vida já me deparei com este símbolo nacional nos locais mais insólitos. O último dos quais num retiro familiar que fizemos no Norte, ficando instalados numa residência de padres (não me façam perguntas). E enquanto eram rezadas as missas e eu me arrastava pelos corredores em penitência, dando chicotadas no lombo, ali estava ele. Atento, lacrimejante, suspirando. De cada vez que me aproximava do quadro apressava o passo, borrada de medo. Não do menino, mas de mim própria que me comovia com tanta tristeza. Morrendo de pânico de me lançar aos seus pés, implorando-lhe que não chorasse mais, que a mãezinha estava a chegar com as codeas de pão para lhe dar ao jantar.
Se há obra de arte que resume a alma portuguesa na sua essência. O fadinho, o desgraçadinho, a lágrima que escorre pela face deprimida. Essa obra é indubitavelmente esta pintura.
Os brasileiros têm a pintura Naif colorida e alegre, nós temos o menino da lágrima.

29 comentários:

Melissinha disse...

"Não me façam perguntas"

O CARACINHAS!!!!
Explica lá o retiro, vá.

Ana C. disse...

Melissa vamos lá a controlar a curiosidade :)
Digamos que quando alguém muito querido adoeceu, nos convidaram para ir em família a um local no "meio dos montes", onde se costumam fazer retiros espirituais. Quem queria rezar rezou, que não queria rezar vagueou pelos corredores onde estava dependurado este quadro. Em termos de convívio familiar foi bom. Também lá estava um grupo de Yoga com dezenas de pessoas a entoar mantras.

João Pedro disse...

Esse quadro está assombrado, Ana. Não olhes directamente para ele. É um castrador de alegria...

Beijinho e bom fim de semana,

Melissinha disse...

Ó pá com um "não façam perguntas" estava à espera de algo escandaloso e sumarento, né.
Mas o menino da lágrima é português?

Ana C. disse...

João Pedro tu queres ver que tens mesmo razão? O quadro é um usurpador de felicidade? Medooooo

Ana C. disse...

Melissa se não for passa a ser, tal como o Santo António que tem dupla nacionalidade :) Mas ouvi dizer que o menino retratado era tuga sim.

Blue C disse...

Cada vez que vejo o raio do quadro, lembro do meu irmão. É a cara chapada dele (sem a lágrima). Aliás quando vi no meu blogrol que tinhas escrito sobre o menino da lágrima vim logo a correr para poder comentar...

Miepeee disse...

Sempre achei esse quadro horroroso. Tal como tu tambem i vi pensurado em muitas sitios diferentes mas nunca na igreja nem na casa de banho.

MARIINHA disse...

Esse quadro costuma fazer um conjunto muito harmonioso, com colchas de cetim estampadas bastante brilhantes,naperons de renda e bibelots em cima da TV, naperons nos sofás e flores de plástico. Já fora de casa, mas muito ainda dentro dessa tendência de decoração, temos também os cães a abanar a cabeça dentro dos automóveis, presos com uma trela.Mas o máximo é o tapete de pelo alto, colorido atrás no carro e uma almofadita ou outra de veludo para dar o tal toque de requinte. Deves concordar comigo, não?

Ana C. disse...

Blue C então os teus pais têm um monte de fotografias do menino da lágrima em casa :) Ah Ah

Ana C. disse...

Miepeee atenção que esta pérola não estava na igreja, mas sim nos corredores do seminário :)
É um pesadelo...

Ana C. disse...

Mariinha obrigada por essa viagem aos meus mais profundos pesadelos. Já reparaste que são os homens quem mais decoram os carros dessa forma maravilhosa? AH AH AH AH E os raminhos de eucalipto?

gralha disse...

Felizmente a Coca-cola light vem salvar-nos deste (e de outros) flagelos nacionais. Ainda não percebi foi como.

Miguel disse...

Anos antes do Ikea, nós já tínhamos "arte a metro" personificada nesse quadro! Lembro-me de haver um pendurado, casa sim, casa não, na minha aldeia de infÂncia!!

chacommel disse...

Sim, o quadro é tristinho, mas acho que não deixa de ser bonito e de nos mostrar a inocência das crianças :)

M. disse...

Sempre achei esse quadro um pouco sinistro.

A primeira vez que me deparei com ele foi na casa duma colega de escola (entre o 7º e o 9º ano). Ela morava num duplex e quando iamos fazer trabalhos de grupo na casa dela, tinhamos de subir para o quarto dela onde estava o pc. O malfadado quadro estava mesmo na parede no topo das escadas. Não havia forma de não encarar com ele...

Ninguém sabe ao certo quem é o autor do quadro, há várias versões do menino com a lágrima... mas para mim, são todas sinistras. :)

Only Words disse...

Olha, eu cá não sou de superstições, mas dizem que esses quadros trazem más energias, ou algo do género! Apre.... fugiiiiiiii

ergela disse...

Já reperei nesse quadro, em muitos sítios em Portugal, quer em hoteis tos in, estalagens e afins, até reparei que existem muitos em casas particulares, o curioso, é que ninguém sabe de quem o quadro, o que é certo, em especial no norte do país é uma especíe de praga, ou então, quando não mais nada para pôr na parede (porque os quadros a sério estão pela hora da morte), tráz, lá vem o "menino babado em lágrimas", concordo contigo, é uma das muitas formas de ser dos portugueses: lamechas, e a chorar por todo e por nada.

:) Beijos.

Nota do editor: gostava de ter ler mais lá pelo meu canto, podes ir à vontade, não tenho cães perigosos à entrada.

Ana C. disse...

Gralha sim o anúncio da coca-cola transporta-nos a esta obra de arte... Mas salvou-nos como? Ah Ah também não percebi.

Ana C. disse...

Miguel aposto que este quadro é um vencedor na tua aldeia, logo a seguir à última ceia :)

Ana C. disse...

Chacomel mas a inocência das crianças também pode ser demonstrada com o riso...

Ana C. disse...

M eu também tenho umas recordações desse género de colegas de escola, também envolvem candeeiros, naprons :)

Ana C. disse...

Only Words eu estou contigo, aquilo puxa a tristeza e suga-nos o bom humor. MEDOOOOOOO

Ana C. disse...

Ergela eu acho que é o espírito do coitadinho, das dores, do sofrido que salta daquele quadro.
É simplesmente assustador...

Blue C disse...

Ana C, passa no meu blog... novidades sobre o Menino da Lágrima!

HannaH disse...

por acaso sempre que vejo esse quadro faz-me lembrar a história da menina dos fósforos. enfim...

Ana C. disse...

Hannah tu não me fales na Menina Dos Fósforos. É um trauma de infância. Essa história sempre me fez chorar baba e ranho...

taparuere disse...

diz q a coca-cola resolve, diz!

espreitem aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=uKH8GLv-DmI

ainda há mais filmes, mas desculpem q n tenho paciencia para pôr todos os links. é irem vendo... :p

IvanirFaria disse...

Olá,

Há a versão masculina e feminina desse quadro.Não é agradável assistir nenhuma criatura chorar.Nem um ser humano, nem um animal. Ouvir um cão chorar é pavoroso. Fujo das choradeiras nos velórios. Prefiro não passar diante creches, berçários... Isso só para ilustrar o mal que me trz ver esses quadros. teriam TUDO para serem ternos, entretantos, há um jogo duplo da tristeza no seu pior...Acho que o mal que ele causa é em cada um que o vê e pensa em seus próprios motivos para chorar...