sexta-feira, 17 de julho de 2009

Na minha Adolescência



Olhando para trás e lembrando todas as idas ao cinema ao longo da minha vida, concluí que as mais emocionantes foram na minha adolescência.
Quando saía da sala de cinema com as amigas, o coração aos saltos, completamente apaixonada, disposta a rever o filme no dia seguinte, decorando as falas, comprando os LP's com a banda sonora e decorando as músicas, suspirando pelo actor principal, cheia de esperança de um dia o vir a conhecer, mais do que convencida que aquilo que sentia era verdadeira paixão.
Não havia realmente maior emoção do que uma ida ao cinema na adolescência. Por isso, depois de muito vasculhar nas gavetas da memória e de lá ter encontrado dezenas e dezenas de filmes, estes dois foram os que mais marcaram a fase das hormonas.
Que rapariga da minha geração não sonhou ir para uma estância de férias no verão e aprender a dançar com o Patrick Swayze?
Ou que rapariga não sonhou andar à pendura na mota do Tom Cruise agarrada ao seu blusão da Força Aérea?
Para a próxima falo das séries de televisão, ando a pensar muito nelas...

32 comentários:

Kelle disse...

Ainda ontem num juntar com a minha amiga mais antiga lembrámos o Dirty Dancing! Na nossa infância/adolescência conseguimos ver este filme mais de 20 vezes sem nunca nos fartarmos! Dava gosto ver aquele homem a dançar! Grande grande movie! Tenho de ver se o arranjo para o voltar haver :)

miriam_ferreira disse...

E quando dás por ti, 22 anos depois, a saber, aínda, a letra da banda sonora do filme (sim, as músicas todas do filme, sem excepção) que agora só passa na M80. É realmente fantástico que as maluqueiras da adolescência são uma espécie ilusão colectiva, quase todas as miúdas naquele tempo tinham a mesma panca. Quanto ao Top Gun ... resume-se na minha mente à cena passada no balneário (ou vestiário, sei lá)... a boa da "cueca à Top Gun" - é a expressão ainda usada por mim e pelas minhas amigas, para descrever a cueca sexy branca, até ao umbigo e com braguilha ... que agora apenas vejo vestida pelo meu sogro. Portanto podes esquecer a parte do sexy ...
Não consigo evitar de pensar que embora divertidos, os 80's foram muito pirosos (a nível visual)

Melissinha disse...

Ó pá siiiim... há muito que não pensava nisso. Era TÃO bom ir ver gajos bons ao cinema, tudo tão novo.

Quando eu tinha 11, 12 anos, era fã duma boysband chamada Dominó, que entrava sempre nos filmes dos Trapalhões. Eu chegava a sair do cinema, comprar outro bilhete para a sessão seguinte e voltar a vê-lo.
(sim, porque uma característica dos filmes da adolescência é serem vistos várias vezes, com diálogos e coreografias memorizados, etc.)

Muito bom. :) Adorei o post.

Clementine Tangerina disse...

Opaaa que saudades...dirty dancing será sempre um dos meus filmes de sempre! Lembro-me perfeitamente de top gun e babar com o senhor tom cruise em novinbo! :)

Melissinha disse...

Porque também é bom fazer um update, cá fica Top Gun por Tarantino, brilhante:
http://www.youtube.com/watch?v=vyN8VN4BSzM

Polar Azul disse...

E agora vê como está o Patrick Swayze. O tempo passa mesmo para todos.

Ana C. disse...

Kelle também vou rever. Só tenho pena que o Patrick Swayze esteja tão doente e irreconhecível, coitado...

Ana C. disse...

Miriam eu sei as letras todas da Banda Sonora do Dirty Dancing e com muito orgulho :)
Ah Ah as cuecas do Tom Cruise no Top Gun, como é que esqueci isso?????

Ana C. disse...

Clementine é pena o Tom Cruise estar tão estranho nos dias que correm...

Ana C. disse...

Melissa que bons tempos. Eu também cheguei a sair da sala de cinema e comprar bilhetes para voltar a ver o filme. Será que hoje em dia as adolescentes fazem o mesmo?

Ana C. disse...

Polar Azul nem me lembres, coitado. De cada vez que o vejo dá-me um aperto gigante no coração...

Melissinha disse...

Escreves um post sobre as séries e eu escrevo um sobre os nossos sex symbols do rock que estão velhos e gordos (também dói.)

HannaH disse...

ai quantas vezes eu vi dirty dncing e a paixao k tinha pelo patrick swayze!! ihihih

ergela disse...

Ó pázinha! E eu que estive quase,quase, para ir para a Força Aérea por causa deste filme, foi parar a outro sítio, mas isso agora não interessa nada.

Beijos.

Only Words disse...

Ahhhhh.....o Dirty Dancing que eu vi "n" vezes, para não falar da banda sonora que sabia de cor e salteado! O Top Gun também está no meu "top", mas não é dos primeiros.
Que saudadinha me ficou agora!!!

Maria disse...

Há filmes e séries que nos marcam para sempre, sem dúvida :)

beijinho.

Joanissima disse...

Eu odiava o Top Gun... Já na altura achava o António Cruzes um parolão!! (sorry girls)
O Dirty Dancing era sofrível...

Mas o filme que mais marcou a minha adolescencia foi um Oficial e Cavalheiro... Esse sim, sei-o de cor, banda sonora incluida!!

Precis Almana disse...

Não referiste um que deve ser mais a minha geração, o Flashdance, que eu adorei (pensar que hoje a protagonista entra na L Word faz-me ver que a vida dá muuuuita volta :-D)
És da idade da minha mana, e eu também apanhei esses...

Precis Almana disse...

Ah, pois, e o Oficial e cavalheiro. Lá está, uma questão de gerações ;-) (Joanissima, que idade tens?)

Joanissima disse...

Mais um que a Ana, Precis... : ))

Precis Almana disse...

Joanissima, desculpa, estava a fazer-te mais velha :-S É que eu tenho 41 e tenho uma ideia vaga de que esse filme seria mais para a minha idade. De facto, tirei teimas: é de 1982, portanto mesmo que tenha chegado cá um pouquinho mais tarde, eu teria 15 aninhos e tu...9! Fantástico!

Ana C. disse...

Hannah e como ele está agora, coitado...

Ana C. disse...

Ergela calculo que os rapazes adolescentes também tenham gostado do TopGun por outros motivos :)

Ana C. disse...

OnlyWords hoje em dia não acharia piada nenhuma ao top gun, enquanto continuo a achar piada ao Dirty Dancing, mas na altura marcou sim senhora :)

Ana C. disse...

Maria há mesmo...

Ana C. disse...

Joaníssima não é António Cruzes, é ´Tomás Cruzeiro, ai santa ignorância. Mas o Oficial e Cavalheiro não é da nossa adolescência, não me lixes. Vi mais tarde em VHS e também adorei, mas não o fui ver ao cinema...

Ana C. disse...

Precis nem mais, o Flashdance nunca vi no cinema e o OFicial e Cavalheiro também não. Vi mais tarde na televisão e também me marcaram sim senhora ;)
A Joana não foi ver o Richard Geere aos pinotes com a Debra Winger ao cinema que eu não acredito. E ela diz que não gostava do Top Gun, mas eu também não acredito, está só a armar-se em boa :)

Joanissima disse...

Para que cosnte, de facto não fui ver ao cinema.,,, o primeiro filme que fui ver ao cinema foi mesmo o Out Of Africa e fui com a minha Mãe. :P

Kitty disse...

Eu fui apaixonada pelo Patrick Swayze, ainda hoje penso nele quando me lembro dele nesse filme, ai ai (suspiro)

Ana C. disse...

Joaníssima filha bem me parecia que estavas no mesmo barco que eu. Africa Minha marcou-me brutalmente, mas não no sentido hormonal, foi bem mais profundo :)

Ana C. disse...

Kitty fomos duas apaixonadas então...

Izzie disse...

O dirty dancing é dos meus filmes preferidos:) e só tenho quase 20 aninhos!!
marcaram a minha infância porque a vivi com a minha tia, que ña altura era adolescente. mas ainda hoje revejo esse filme. Houve até uma altura, há três anos atrás, em que eu, todas as santas tardes, quando chegava das aulas, punha a última parte do filme, a dança!!
Sim!! em cassete claro:)