quinta-feira, 16 de julho de 2009

A Profissão Mais Dura do Mundo...

Morando tão perto da praia e não soprando uma réstia de vento para os lados do Guincho (coisa rara) arranquei a preguiça dos ossos e fui muito cedo com a Alice para o nosso primeiro dia de praia, neste caso manhã.
Fomos as primeiras a chegar ao areal e, como já esperava, não consegui estar 5 minutos com a peida na areia, pois uma mãozinha pequena e fofinha puxava-me:
- Vamos ao mar mãe?
- Grrrrr está bem vamos lá molhar os pés.
E lá fui eu congelar os ossos no mar do Guincho, onde fiquei praticamente o tempo inteiro até ser acometida de dores reumáticas tal era a temperatura da água.
Tudo isto para vos dizer que cheguei a uma conclusão neste primeiro dia de praia. Enquanto subia de volta para o carro por aquela duna que mais parecia uma montanha, ou deverei dizer, enquanto escalava aquela duna, de saco às costas, brinquedos a caírem, a voz da Alice que gritava:
- A areia está quente mãe, podes levar-me ao colo?
A minha barriga que já incomoda um bocadinho, o cansaço, o calor, pensei (sim, também me dá para pensar de vez em quando):
A profissão mais dura do mundo não é a dos pescadores de caranguejo no Mar do Norte, nem dos Madeireiros que correm o risco de levar com uma árvore no couro.
A profissão mais dura do mundo é ser mãe solteira. Sem um pai para dividir o peso de tudo, desde o peso dos sacos, ao peso das brincadeiras, das noites em claro, até ao peso da educação.
Que falta que fez o Hugo hoje de manhã e que falta faz um pai na vida de uma mãe e de um filho.
Mães solteiras deste mundo vocês não imaginam como vos admiro, do fundo do coração.

33 comentários:

Princesa Amidala disse...

Já tive esse pensamento milhares de vezes...

Banita disse...

Também eu já pensei nisso tantas vezes!! Mas também é muito duro, para as mães que são casadas mas, cujos pais são ausentes, quer em distância, quer em interesse, fazendo só figura de corpo presente... é muito triste...
Festinhas na barrigota e desejos de descanso!
Beijinhos

Joanissima disse...

Ui, ui... Nem queiras saber... : )

Melissinha disse...

Subscrevo!
A minha amiga Tatas é mãe solteira e é a gaja mais rija que eu conheço. Não sei como nunca me deu um par de estalos tal a minha mariconcice, preciso do Hugo para tudo.

Marina disse...

Se já não é fácil ser mãe casada, quanto mais solteira... Bjs

DIABINHOSFORA disse...

É muito, muito exigente. É demasiada responsabilidade nos ombros de uma pessoa só. Há momentos terréveis, principalmente quando algum dos miudos adoece, mas tudo se consegue com o imenso amor que uma mãe tem pelos seus filhos.
Um beijo enorme para todas as mães que aguentam isso sem grandes queixas e andam para a frente como se nada fosse!

ML disse...

Quando vamos saber se é menino ou menina?

Marcia Parassol disse...

Ana, sei muito bem o que diz, meu marido trabalha em França e sou mãe e pai durante 40 dias há exactos 6 anos.

Bjs.
Márcia

XANA disse...

:)Sei bem do que falas,euzinha MÃE SOLTEIRA DE PROFISSÃO,sei bem o que é isso..
Um beijinho!

Melissinha disse...

Mas porque diabo vais para o Guincho, a pior praia do mundo?
Há bandeiras azuis aqui ao pé bastante mais aprazíveis e menos ventosas.

Miepeee disse...

Ate que enfim alguem nos compreende (maes solteiras). Nao e nada facil nao senhora e nao tem apenas a ver com pegar em sacos, criancas, etc, mas com a dupla responsabilidade na educacao e bem estar da crianca.
E quando nao ha mais ninguem de familia no mesmo pais? Eu sei que foi uma opcao que tomei e nao me arrependo, mas nao e facil :)

Ana C. disse...

Princesa Amidala somos duas...

Ana C. disse...

banita por isso é que algumas mães ganham coragem e dão um chuto no rabo desses pais que estão, mas não estão...
Festinhas na tua barriga também :)

Ana C. disse...

Joaníssima eu juro que não quero saber, sou uma grande medricas. Tu és uma mulher com M dos grandes ;)

Ana C. disse...

Melissa sua grande maricona. Acho que as circunstâncias às vezes nos obrigam a crescer...

Ana C. disse...

Marina nem mais. Ser mãe é muito duro, ser mãe solteira é duro a dobrar...

Ana C. disse...

Diabinhos são verdadeiras mulheres coragem, a quem tiro o chapéu tantas e tantas vezes. Se és uma delas aqui me vergo perante ti ;)

Ana C. disse...

ML acreditas que só fazem a análise às segundas, terças e quartas? Que coisa mais cretina! Vou para a semana...

Ana C. disse...

Marcia um grande beijinho. Não deve ser nada fácil também estar longe de um marido que se gosta, a acrescer ao facto de se estar sozinha coms os filhos...

Ana C. disse...

Xana avé para ti que te admiro muito!

Ana C. disse...

Melissa não há praia como o Guincho e não soprava uma brisa. Estava perfeito...
Tirando as águas revoltas.

Ana C. disse...

Miepeee eu disse que não era só os sacos, que era tudo...
Como te admiro, ainda por cima longe da ua família? Tu és a MÃE CORAGEM!

Kitty disse...

É por essas e por outras que eu quero ter vários "maridos" ahahahaha

ergela disse...

Ana é preciso ter coragem por estes dias para ser mãe e pai ao mesmo tempo, e tu és decerto uma vencedora (sei que já deves ter recebido milhares destes elogios,mas pronto, é mais um).

Um grande beijo solidário se me permites.

Mamã do Raúl disse...

já há tanto que me encanto quando leio as palavras aqui guardadas. Nunca comentei, a não ser hoje, hoje, ao perceber que tais palavras eram também para mim!:)

felicidades

Ana C. disse...

Kitty tu tens emenda? Acho que não...

Ana C. disse...

ergela não sei se entendeste mal, mas eu não sou mãe solteira. O que não me impede de dar o devido valor a essas heroínas...
Bjs e obrigada pelas tuas palavras ;)

Ana C. disse...

Mamã do Raul eu é que me encantei com as tuas palavras. Muito obrigada e se falei para ti, falo agora de novo. Tens a minha admiração incondicional...

Blue C disse...

Um dia houve alguém que me perguntou exactamente porque é que eu não seria mãe solteira visto que nenhum tipo me aguenta. A resposta foi "Porque sou inteligente". ;-)

Shakti disse...

Felizmente tb sou mae solteira, n é facil, nada mesmo. Muito menos kd somos solteiras desde os 5 meses de gravidez, mas sou feliz com o meu Nenuco e vale a pena todo este trb, e kem perde sem duvida sao os pais...

gostei do teu texto.

Bjocas!

Maria disse...

Imagino que não seja nada fácil. Já acompanhada não é.

beijinho.

gralha disse...

Sobretudo quando se é simultaneamente Mãe e grávida! Haja coragem...

Sonia-mae dos reguilas disse...

eu penso nisso tanta vez...quando não tenho o pai para dar banho a um , para fazer o leite do outro penso na força e sanidade mental que tem de ter uma mãe solteira