sábado, 11 de julho de 2009

Erotico Cómico

Penso que não há coisa pior num livro do que cenas de fazer o amor, ou descrições físicas foleiras.
Estou em crer que é das artes mais difíceis de dominar na escrita. A fronteira entre o sensual e o cómico é muito ténue e muitas vezes quebrada por tantos e tantos escritores que se aventuram na descrição romântico-erótica quando deviam era ficar quietinhos e limitarem-se a descrever a natureza.
Mas o que ultrapassa todos os limites do meu gosto literário (duvidoso bem sei) são mesmo as descrições físicas pseudo sensuais em redor de um homem. Senão vejamos:
Os músculos bem torneados retesaram-se quando ele pegou naquele maço de ferro. A sua força viríl era mais do que evidente e as pernas musculadas, bem definidias pelos calções de licra (ah ah ah) subiam e desciam os degraus com uma agilidade que a fez estremecer por dentro. O frémito do amor percorreu-lhe a espinha, enquanto olhava aquele homem bem proporcionado e um pouco transpirado à sua frente. AH AH AH AH AH
Há coisa mais ridícula?!!! Não a sério, tentar fazer uma descrição masculina, como se de uma mulher se tratasse é do piorio. Diria mesmo que é o caixote do lixo da literatura. Estraga qualquer história interessante, transformando-a num momento cómico, para não dizer hilariante e de ir às lágrimas.
Por isso aqui deixo o apelo escritores deste mundo: Chega de descrições masculinas foleiras. Para bem da minha sanidade mental, ainda que me faça bem demais rir até ao desmaio, parem de descrever o corpo dos homens desta forma, sim?

13 comentários:

Miguel disse...

É precisamente por causa do ridículo dessas descrições que eu adoro uma boa descrição do acto sexual!! Sexo é desejo, é carne, é animal, não tem nada de romântico. Mas tentar descrever o acto tentando fugir ao óbvio é tãããão divertido!!!
;)

Kitty disse...

"calções de licra " AH AH AH AH AH granda panilas AH AH AH AH de que serve ter os tais musculos xpto se usa calções de licra? AH AH AH AH Rabeta!

Sunrise disse...

Pelo menos que não tenha calções de licra, a menos que seja ciclista. Sinceramente! Que foleirisse! Mas o resto, dos músculos, não me parece assim tão mal. Beijinhos

Ana C. disse...

Miguel é de ir às lágrimas :)

Ana C. disse...

Kitty e não viste o pormenor do maço de ferro? Quem sabe não seria a própria serpente do homem :)
AH AH AH AH
Os calções de licra foi para dar o toque supremo da foleirada.

Ana C. disse...

Sunrise os calções são mesmo para se tornar tudo mais foleiro ;)
Com que então gostaste do nosso macho? Ah Ah

Kitty disse...

Eu reparei na parte do maço de ferro, mas quis acreditar que o autor estava a falar de qq outra coisa sem ser a pila do homem.
E para mais quem é que quer saber do maço de ferro desse gajo que usa calções de licra??? Só se for o Cláudio Ramos ahahahahaahah

Ana C. disse...

Kitty o autor neste caso sou eu. limitei-me a fazer uma descrição foleirosa parecida com algumas que li ;) E tu vê lá se não levas com o maço na tola!

Melissinha disse...

Andas a ler Corín, amore?
Adoro.

Ana C. disse...

Melissa j+a lá dizia Corin Tellado: Mi Gusta a tu Maço viril de aço :)
Eu encontro estas descrições em livros banais, isso é o que mais me irrita. Presumirem que sabem escrever cenas de tórrida paixão.
Pelo menos quem compra a Corin sabe ao que vai e não é apanhado de surpresa por estas descrições arrebatadoras num livro que até estava a ser giro...

Melissinha disse...

os autores precisam de get laid!

Kitty disse...

Levar com o maço na tola? Não gosto de homens com falta de pontaria ahahahahahaahahahahah

Luz de Estrelas disse...

Um bom texto sexual é aquele que nos excita. Desse ponto de vista, tenho de voltar aos mesmos dois autores de que já falamos. O MST é brilhante, o JRS é... nem consigo adjectivar...