quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

O Mundo Pelos Olhos Dela





A minha filha tem 3 anos e teve a seguinte conversa comigo, equanto eu tentava escrever um diálogo supostamente arrebatador:
Mãe?
Sim querida.
Posso tirar fotografias?
Com a nossa máquina?!!
Sim, deixas?
Agora estou a trabalhar, já penso nisso.
Mas tu deixas?
Agora não...
Então quando? Eu gostava tanto...
Em desespero de causa, lançar sempre a responsabilidade para o outro lado: Mas o pai não te deixa mexeres na máquina. Não pode ser.
Silêncio.
Mãe?
Vai brincar!
O pai não está cá, ele não me vai ver... Por favor, só um bocadinho.
Risos interiores em abundância.
Eu gosto muito de ti, vá lá mãe.
Nunca cedam assim a este tipo de graxa emocional, mas no meu caso o espírito foi fraco e tinha mesmo que acabar de escrever a cena arrebatadora. Por isso agarro na máquina digital, estendo-a na sua direcção, dou-lhe umas instruções básicas e deixo-a à solta pela casa a tirar fotografias.
Aqui fica uma pequena amostra do "mundo caseiro" pelo olhar da minha filha e vos garanto que a vou deixar andar com a máquina mais vezes que isto uma mãe não deve cortar a veia criativa a uma filha...

16 comentários:

McSleepy disse...

Pois. Derretemo-nos todos com eles!!! Admito que sou um pouco mais conservador do que a M. no que diz respeito a "coisas de adultos" como as chaves de casa ou do carro ou as malas e carteiras, incluindo alguns aparelhos como a maq. digital ou os telemóveis. Pela simples razão que elas são isso mesmo: coisas de adulto.
Mas se eles são já "crescidotes" penso que podemos abrir uma excepção e libertar a sua veia criativa!!
Muito boas as fotos, parabéns a ela!!

Ana C. disse...

McSleepy ser mãe ensinou-me várias coisas importantes. Uma delas sem dúvida foi ficar mais flexivel:)
É claro que há coisas em que não cedo e ponto final. Ela pode fazer o pino que eu continuo a responder não, principalmente quando envolve choro no pedido.
Agora a forma como ela me pediu a máquina foi praticamente irresistível... E ela tem que sentir que pedir da forma certa às vezes compensa :)
Isso aliado ao desespero de uma mãe que trabalha em casa e tem que escrever uma cena romântica enquanto a balbúrdia doméstica se desenrola sem dó nem piedade...

MARIINHA disse...

Ana C. parece que a pequenita tem queda para a coisa. Sabes que há umas máquinas digitais, para crianças, há rosa para meninas e azul para os rapazes? Ela devia adorar. Investe!Bjs para duas

Ana C. disse...

Marinha, também já vi essas máquinas. Acredita que já estive mais longe de investir numa coisa dessas :)

carlostgc disse...

Espectacular... e claro, tendo eu um rapazito de 4... já passei pelo mesmo.

Qualquer dia mostro "lá" as minhas/dele.

Ana C. disse...

Carlos, força, mostra mesmo. Ela só fotografou as coisas que mais a interessam no dia a dia, isso foi o mais giro.

Joanissima disse...

Tão linda, ela... E que bem que ela sabe "manipular" a mamã... Nisso, acho que são todas iguais... : )

Ana C. disse...

Joaníssima, a deixarmo-nos manipular por lguém que seja pelas nossas filhas :) E sim, ela já tem o dom da graxa bem presente no seu paleio.

JS disse...

E tem pinta! Gosto da dos pés...gostei mesmo. A Francisca também me "crava" a máquina! Viva as digitais!

Ana C. disse...

JS, há alguma coisa mais querida do que os pés de uma criança? Depois ficam quase todos horríveis, mas enquanto são bebés, meu Deus...

kel disse...

"É essa a magia do amor"... É esta a magia do amor... inabalável, indestrutível, intemporal...

Belas fotos, tens que a deixar fotografar mais vezes :)

Sunrise disse...

Está delicioso Ana C., tão querido, a sério! Imagino que ouvir uma menina dizer: mãe, gosto muito de ti, empresta a máquina, deva ser hilariante e ao mesmo tempo enternecedor.

Ana C. disse...

Kel, é verdade que o amor de um pai por um filho é inabalável...

Ana C. disse...

Sunrise, eu adoro quando ela me dá graxa, é sempre um momento muito fofinho e hilariante sim.

Eumesma disse...

Ai, e o mundo visto pelos olhos deles é sempe tão light, tão incocente , tão bonito...
(ó pazita, agora deu-me uma nostalgia de ser criança...;-)
Mas gostei de de ver , tens que ceder mais vezes...;-)

Bjs

Ana C. disse...

Eumesma, já cedi tantas vezes que tenho uma verdadeira colecção de fotos deste género dentro da máquina. Ela já quase esgotou a capacidade do bicho...