quinta-feira, 16 de abril de 2009

O Amor É...

A Joaníssima deu um mote irresistível e senti-me quase impelida a continuar a frase: O AMOR É...
O amor é ter a tua mão dentro da minha para que te sintas protegida do mundo.
O amor é sentir os teus pés frios quando entras na nossa cama e estender-te os meus para que te aqueças.
O amor é adormeceres junto a mim e respirares sobre o meu rosto, fazendo-me acreditar que há momentos perfeitos.
O amor é ver-te quando não me vês e sorrir porque continuo a sentir o mesmo encantamento.
O amor é recuar quando a minha vontade é avançar, só para te dar espaço.
O amor é o calor que permanece na nossa cama quando te levantas.
O amor é a voz pequena e frágil que me cumprimenta todas as manhãs e me faz esquecer que é cedo demais para acordar.
O amor é sentir que me beijas todas as noites, mesmo quando eu já estou adormecida.
O amor é ter vontade de regressar para junto de ti quando o mundo desaba.
O amor é ter vontade de celebrar nos teus braços uma vitória.
O amor é sentir-me importante dentro da minha pouca importância.
O amor é dar valor ao que não valorizava, relativizar o que antes dramatizava.
O amor é o silêncio que não incomoda, ou as palavras que nunca nos cansam.
O amor é sentirmos que todo o caminho que trilhámos até agora faz finalmente sentido.
O amor é dar a vida por alguém sem que isso tenha nada de heróico, pois simplesmente não nos imaginamos num mundo onde esse alguém não habite.
O amor é tão mais do que isto, mas é assim que o sinto todos os dias...

18 comentários:

Sílvia disse...

=) Gostei muito

bjinho grande

Marquês de Sade disse...

"O amor é tão mais do que isto..."
Adorei!
Bj

Pedro Barata disse...

Gostei muito!
Beijinhos

Ana C. disse...

Sílvia obrigada, beijinho para ti também e lamento a derrota de ontem, afinal de contas tinhas ido ao Dragão...

Ana C. disse...

Marquês muito obrigada! Sente-te desafiado à vontade para escreveres a continuação da frase: O Amor É...

Ana C. disse...

Pedro obrigada, se te sentires inspirado, força, escreve sobre isto. Ah, mas não pode ter futebol ;)

HannaH Sophia disse...

«O amor é dar a vida por alguém sem que isso tenha nada de heróico, pois simplesmente não nos imaginamos num mundo onde esse alguém não habite.»

esta foi a cereja em cima do bolo delicioso que aqui criaste... lindissimo..sentido...

João Pedro disse...

O amor é... Algo nada fácil de explicar mas sinceramente, a tua foi das melhores definições que já li, senão a melhor. Também eu tentei escrever algo sobre o amor. Nada comparado ao que li agora mas... É este aqui:
http://autopsiadaspalavras.blogspot.com/search/label/O%20que%20%C3%A9%20Amor

Joanissima disse...

Miuda, o Amor é, enfim, tudo o que não cabe nas letras das palavras que podemos escrever.
O Amor é o início e o fim. A vontade e a inércia. Amamos por acção e por omissão.
Amar é.

É mesmo.

É, apenas.

Amar o Amor.

Ana C. disse...

Hannah muito obrigada mesmo :)

Ana C. disse...

João Pedro vindo do médico legista das palavras é mais do que um elogio. É claro que vou espreitar o teu: Amor é...

Ana C. disse...

Joaníssima mulher tu andas mais do que inspirada. Diria mesmo que estás feita na Florbela Espanca-mos.
Obrigada pelo teu post, pela tua ideia e pelo teu comentário tão bonito.

JS disse...

Que bonito Ana. Acho que temos muito em comum. Partilhamos o amor pelos filhos e amamos amar. Adorei.

Um abraço*

Ana C. disse...

JS já tinha sentido que gostavamos muito do amor e de amar de todas as formas, cores, sabores, feitios. Amar por amar...

Mena disse...

Ana,
Gostei muito...muito mesmo...
Eu, felizmente sei, conheço e sinto esse amor...
E é tão bom...
E é tão compensador...
Tão maravilhoso...
olhar-mos para elas enquanto dormem..
beija-las quando se riem...
Tenho uma Bruna... e é o ar que respiro...
Costumo dizer em tom de brincadeira, mas sendo a verdade, a minha vida anda por ai.. de totó loirinho na cabeça e umas pernocas gordinhas...
se puderes visita:
http://atiminhaqueridafilha.blogspot.com/2009/04/o-teu-sono.html
Desejo-te as maiores felicidades..
Para ti e para a Sofia.
Beijinhos

Ana C. disse...

Mena bem vinda! Este texto tem misturados dois amores. O da minha filha e o do pai dela. Obrigada pelas tuas palavras!

Tasha disse...

LINDO!!! Simplesmente! "O amor é recuar quando a minha vontade é avançar, só para te dar espaço." Isto é o que mais me custa.... Deixar o pássaro voar.

Ana C. disse...

Tasha é das coisas mais dificeis de fazer sim. Sairmos de cena quando devemos sair, por amor.
Obrigada!