segunda-feira, 20 de abril de 2009

Viver de Amor

Continuar a gostar da tua companhia mesmo quando a rotina se instala sem dó nem piedade.
Continuar a rir-me das tuas piadas, mesmo quando temos que rir mais baixinho porque ela está a dormir.
Continuar a não levar a mal ter que te repetir tudo dez vezes.
Continuar a desejar que te vás deitar quando eu vou, mesmo que não me importe que não vás.
Continuar a comover-me de cada vez que te vejo com a nossa filha, mesmo quando enchem a casa de barulho. É um barulho bom.
Continuar a achar que o melhor momento do dia é quando chegas a casa do trabalho, mesmo quando vens mais desanimado.
Continuar a sentir-me em casa quando estou contigo, mesmo que estejamos no meio de lugar nenhum.
Continuar a dar-te a mão quando passeamos na rua, mesmo quando está calor e as mãos parecem colar-se.
Continuar a querer proteger-te da dor, mesmo quando a única coisa que posso fazer é não dizer nada.
Continuar a sentir que fazemos sentido, mesmo quando parecemos não fazer sentido nenhum.
É tudo isso que me faz acreditar que o amor segura. Que o amor cola os pedaços que teimam em soltar-se de vez em quando.
O amor não sobrevive por si só, mas que ajuda, ajuda.

11 comentários:

Eumesma disse...

Enquanto existir algo que nos "una", enquanto para cada um de voçês "tudo fizer sentido" apesar de todos os pesares que a vossa vida já teve, tem e terá, vale sempre a pena tudo...
Enquanro existir amor tudo se ajeita, tudo se conserta , partem-se peças mas essa força faz com que logo se colem...
Enqunto existir sentimento não há lugar para a falta de esperança ou para a palavra "desistir"...

Que continem assim, hoje "and for always". :-)

AnaMoreira disse...

E como ajuda! Mais um texto muito bonito :)

Ana C. disse...

Eumesma já fazias falta. Tens andado misteriosamente ausente, mas eu perdoo-te :)
Quanto ao que dizes concordo. Mas às vezes há amor e não existe mais nada. Aqui é difícil o amor resistir. Há os dois lados da moeda.

Ana C. disse...

Ana obrigada!

Banita disse...

Desejo que esse amor não acabe nunca e que possas vivê-lo sempre! ;)

Izzie disse...

Um dia quero ser apaixonada como tu:)
E poder viver um amor assim!!

Um beijinho sincero

Ana C. disse...

banita eu desejo-te o mesmo perto daquele que te levou para o México ;) Obrigada!

Ana C. disse...

Izzie eu acho que tu já és uma apaixonada...

Lady disse...

lindo.

só isso.

lindo.

Ana C. disse...

Lady muito obrigada :)

Rainha disse...

É isso mesmo. E que bom que é esse sentimento. Maior que o amor...