sábado, 4 de abril de 2009

A Vida Como ela É

- Hoje fazes o jantar?
- Porquê?
- Para variar.
- Pode ser.
Passam-se duas horas. Ele permanece sentado em frente ao computador.
- Então?
- Já vou.
- Quando?
- Porque é que és tão chata?
Suspiro muito profundo e chantagem emocional em acção:
- Deixa estar, eu faço.
Ele lá se levanta com bastante esforço e eu transmito a informação:
- O lombo de porco está no frigorífico, é só fazeres arroz e cozeres legumes.
- Está bem.
Subo para ir dar banho à Alice. Passados 15 minutos ouço os passos dele escada acima. Sei exactamente o que vou ouvir.
- O que é que disseste que era para fazer?
Respiro fundo. Isto é só um pequeno atrito doméstico, não é de todo o que o define. Ou é precisamente o que o define? Preparo-me para praguejar. Mas ele antecipa-se.
- Tu hoje estás muito rabujenta.
- Porque é que nunca ouves o que te digo?
- Sem dramas, diz lá o que é que me pediste para fazer?
Depois desço, oiço-o na cozinha. Fico ali na soleira da porta a ver sem ser vista. De meias, olhar ensonado, a fazer tudo no seu ritmo muito próprio, sem pressas. Esquece sempre alguma coisa e volta atrás, depois lembra-se de outra coisa qualquer e apressa-se. Sorrio e penso para mim: Não o trocava por nada deste mundo. E talvez não fosse má ideia dizer-lhe isto mais vezes.

30 comentários:

socasmoinhosebicicletas disse...

Eh eh eh! Eles são assim e esgotam-nos a paciência muitas vezes, mas também são a alegria da nossa vida! ;-)

Melissinha disse...

- Dou 4 medidas ou 5?
- Porque é que me perguntas a mim?
- Porque és tu que sabes.
- E porque isso? Não o tivemos no mesmo dia?
- Sim, mas diz lá.
- Não fomos os dois às mesmas consultas?
- Fomos.
- Então dispomos da mesma informação para tomar essa decisão, não é?
- Sim.
(pausa, vai, pára a meio do caminho, volta-se.)
- Não podes pelo menos dizer o que "achas"?

Precis Almana disse...

:-)
É o amoooooooooooor. Permite-nos ver todas as virtudes apesar de todos os defeitos.

Ana. disse...

Eu tenho um parecido cá em casa!
Diz que quer ser ele a fazer o jantar, mas cinco minutos depois inunda-me de perguntas!
Onde é que está o arroz? Onde está o coador? A minha faca?
E a melhor de todas: a loiça da máquina está lavada? - Hello!! É só abrir e espreitar!!

Mas estou como tu, não o troco por naaada deste mundo!
;)

MARIINHA disse...

Ana C.
Eles são uns distraídos, são também um bocado despassarados, mas só aqui para nós, eu não acredito totalmente nisso, eles por vezes sabem, mas deixam-se ficar na deles.No final do teu post disseste uma grande coisa. Deves mesmo dizer mais vezes o quanto ele é importante para ti e que não o trocavas por nada. E se ele não fazer tudo como gostarias, releva mulher. Vale a pena ser condescendente em nome do amor. É tão bom amar e ser amado.

Ana C. disse...

Socas não podemos viver com eles, nem sem eles é uma grande verdade :)

Ana C. disse...

Melissa nós somos tão à frente, não entendo como é que ainda existe o preconceito de que somos menos tudo do que eles...

Ana C. disse...

Precis eu continuo a ver os defeitos, só que prefiro dar prevalência às virtudes sim ;)

Ana C. disse...

Ana. Ah Ah Ah. A da loiça da máquina é um clássico. E quando eles estão com o frigorífico aberto com a coisa em questão mesmo à frente do nariz, mas perguntam-nos na mesma: Onde é que está? Acho que nem olham lá para dentro, perguntam antes, procuram depois.

Ana C. disse...

Mariinha obrigada pelas tuas palavras sensatas. A chave para a harmonia entre um casal é relevar muita coisa sem iportância mesmo. Senão ficávamos loucas...

Tasha disse...

"ondes estao os tachos, meu amor? e o arroz? E ja agora vem cá ver quanto sal ponho e se a carne ja está assada"...
Deixa que eu faco... Para ter que deixar de fazer o que estou a fazer para vir ver tudo, deixa que eu faco...
Sao tao homens... Sao tao nossos, tao preciosos...

Ana C. disse...

Tasha será um truque que eles usam para que façamos tudo por eles? Quer-me bem parecer que sim...

AnaMoreira disse...

Faz isso :) Diz-lho muitas mais vezes :) Bjs**

HannaH Sophia disse...

quando se ama, os pequenos (ou grandes defeitos) tornam-se secundários...as vezes até se tornam qualidade que apreciamos...pk precisamente fazem parte deles, por quem nos apaixonámos um dia

Rainha Mãe disse...

São quase todos parecidos. Apesar disso são o sal da nossa vida!:)

Ana C. disse...

Ana nem sempre é fácil dizermos tantas vezes como queriamos. Mas vendo bem as coisas é fácil sim, nós é que complicamos...

Ana C. disse...

Hannah à medida que o amor avança no tempo também acontece o contrário ;) Mas no meu caso não. São apenas pequenas coisas do dia a dia que facilmente supero só de olhar para ele.

Ana C. disse...

Rainha Mãe e ainda dizem que as mulheres são todas iguais...

Cristina disse...

Tão iguais! LOL
O meu marido é quem cozinha, quando está em casa. A limpar a casa ou a fazer as restantes tarefas, demora muito tempo. Tão lento. LOL E o computador, que obsessão!

Cristina

Miguel C. disse...

Todos iguais, toooodos iguais...
(suspiro...)

Ana C. disse...

Cristina Ah Ah. Acho que tens um marido fantástico. Quantos é que pensas que limpam a casa?

Ana C. disse...

Miguel não sei se já reparaste mas és praticamente o único Gaijo que comenta por estas bandas, por isso não podes ausentar-te por muito tempo. Estás em minoria e tens que nos provar que estamos todas erradas ;)

Ana Paula disse...

Tenho um da mesma espécie lá por casa.
E é tão bom...

Pedro Barata disse...

Eheheheh E se fosse um como eu ainda era pior! Lololol
Bjs

Carla disse...

Eles têm todos o mesmo defeito de fabrico...ahahah
Cá em casa, o meu, está expressamente proibido de cozinhar, que o estômago da malta é sensível :)..., excepção feita ao churrasco que o faz como ninguém :)... de resto está absolutamente apto para todos os serviços domésticos, lento, lentinho mas perfeitinho lol
Tudo ultrapassável quando ao fim de 23 anos, continuo a sentir que encontrei o homem da minha vida.
E digo-lhe! :)

Ana C. disse...

Ana Paula que espécie rara ;)

Ana C. disse...

Pedro é bom saber que és honesto.

Ana C. disse...

Carla porque é que será que a maior parte dos homens tem jeito para o churrasco? Deve ser qualquer coisa primitiva do tempo em que eles iam à caça.

Mimo Azul disse...

ehehhehe
e disseste-lhe???

cá para mim isso são mesmo truques para nós irmos fazendo as coisas!!!

bjcaaaaaa

Ana C. disse...

Mimo Azul bem vinda! Disse-lhe sim e às vezes desconfio que são truques mesmo...