sexta-feira, 17 de abril de 2009

Um Segundo de Nós

Queria poder dizer-te que todas as fases pelas quais passaste foram igualmente mágicas e à sua maneira foram, é claro que foram. Mas a tua idade agora. Já sem as preocupações de bebé pequeno, nem os choros desesperantes, nem a minha falta de compreensão para os justificar. A tua idade agora é a idade que mais se imprimiu no meu coração. Tem sido a idade em que nos entendemos de uma forma para além das palavras.
Sei exactamente o que aquele teu olhar significa e tu sabes quando sorrio com os olhos, ou quando te repreendo com uma simples expressão do meu rosto.
Adoro as tuas perguntas sobre tudo o que te apoquenta e adoro poder sempre responder-te com a verdade pintada das cores que forem precisas para que melhor entendas.
Adoro quando interrompes o meu abraço com o teu pai e furas entre as nossas pernas, com os teus pequenos braços, querendo participar daquilo, dizendo: "Família, que felicidade".
Adoro a maneira como mexes no teu cabelo, num gesto já tão feminino. Adoro a maneira como tocas nos meus cabelos para os deixares escorregar entre os teus dedos.
Sinto-me tão tua e sinto-te tão minha que tento agarrar estes momentos com as duas mãos e colocá-los em lugar seguro, tento não perder um segundo de nós, pois sei que em breve te desprenderás mais um bocadinho de mim e eu tenho que te guardar bem aqui dentro, para me lembrar que já fomos assim...

16 comentários:

HannaH Sophia disse...

também quero um assim. ou de outro jeito. que fosse ele proprio. mas principalmente que fosse, tal como o teu: um segundo de um "nós"

Rainha Mãe disse...

Mais um texto lindo e cheio de sentimento. É tão linda esta relação mãe/filha...

Ana C. disse...

Hannah hás de ter...

Ana C. disse...

Rainha Mãe e tu sempre atenta aos meus desabafos para a minha filhota. Obrigada!

MARIINHA disse...

Ana C. tens um prémio no meu blog. Bjks

MARIINHA disse...

Aproveita bem cada momento. Nesta idade eles são muito nossos. Com o crescimento vão-se afastanto pouco a pouco e quando damos por isso, os nossos meninos já são adultos. Assim pequeninos são muito agarrados a nós e sabe-nos tão bem! Beijinhos

Sílvia disse...

Sei que não ligas muito a este tipo de coisas mas tens um desafio no meu blog.

bjinho****

JS disse...

...e não há amor maior.

Lindo.

Um abraço*

Ana C. disse...

Mariinha é por ter essa consciência que aproveito mesmo cada momento :)

Ana C. disse...

JS tu sabes...

Pedro Barata disse...

Parabéns! Lindo...
Beijinhos

Tasha disse...

Eles crescem a correr e por muito que acompanhemos esse processo, ele é sempre rápido demais. Há que aproveitar cada momento, pois quando menos se espera já passou... Restam-nos as recordacoes. Os momentos tao nossos...

Ana C. disse...

Pedro muito obrigada ;)

Ana C. disse...

Tasha é tão verdade. Eles crescem depressa demais. Mas se tivermos essa consciência talvez demos mais valor a cada momento junto deles...

c disse...

Olá Ana,
gosto muito de vir aqui, principalmente quando há um texto para ler sobre esse amor inexplicável que é o de mãe.
Parabéns pelo blog!

Ana C. disse...

c por favor volta sempre, podes ter a certeza que nunca hei-de deixar de escrever sobre este amor :)