domingo, 26 de abril de 2009

Ódios de Estimação (desabafo nº7 )

Porque é que quando se dá um acidente na faixa de rodagem em sentido contrário da nossa se forma exactamente a mesma fila do que no lado em que o carro espatifado se encontra?
Pelo amor de Deus se há coisa que me enerva, mas mesmo a sério. Ao ponto de o meu carro sobreaquecer e tudo com o gasoso que me dá é descobrir que aquela fila infernal em que fiquei presa se deve única e exclusivamente ao facto dos mirones abrandarem para verem o acidente. Para indagarem se há mortos, feridos graves, pernas decepadas, com um bocadinho de sorte talvez consigam ver os miolos fumegantes no alcatrão. Aí sim terão ganho o dia. Depois metem prego a fundo e prosseguem nas suas barbaridades automobilísticas. Sim, porque terem visto o acidente em nada contribui para irem com um bocadinho mais de cuidado.

21 comentários:

Just me disse...

Realmente Ana, falas de uma coisa que eu própria me questiono. Mania do português de parar e olhar em câmara lenta... até parece que gostam de admirar a desgraça alheia! É daquelas coisas que não fazem sentido mesmo.

HannaH Sophia disse...

é a chamada curiosidade mórbida...:S

Kitty disse...

É a tipica atitude Tuga.
O mais engraçado é que quando não há mortos nem feridos simplesmente dizem com ar de desgosto "Oh afinal era só chapa"

Rainha Mãe disse...

Dá a sensação que se retira prazer da desgraça alheia...

Ana C. disse...

Just Me O português gosta de sangue, de desgraça. O que é que se há de fazer...

Ana C. disse...

Hannah eu acrescentaria, mórbida e estúpida...

Ana C. disse...

Kitty foi só chapa é um clássico do vocabulário javardo...

Ana C. disse...

Rainha Mãe eu acho que eles retiram mesmo um prazer secreto. Quanto mais desgraça mais eles param para olhar.

Carla disse...

Quem faz isso não passou de certeza, felizmente, por uma situação de acidentado.
Eu fico completamente apavorada. Sou incapaz de olhar ou de ter alguma curiosidade pelo assunto.
Duvido mesmo, que quem passou por uma situação dessas seja capaz de ter a mínima curiosidade.

Tasha disse...

Ana, sabes a máxima:"Parece Merda, cheira a Merda, Sabe a Merda, AH!! É Merda!!!", pois é assim a atitude Tuga!! Quanto masi sangue e corpos desmembrados, melhor. Prazer mórbido!

socasmoinhosebicicletas disse...

É horrível essa curiosidade, eu só me quero é pirar dali o quanto antes porque sempre que me deparo com situações dessas começo a tremer que nem varas verdes e diz quem já me viu que fico branca que nem cal quase a cair no desmaio. Para mim, é mais pernas que vos quero!

Ana C. disse...

Carla ou então passou por uma situação idêntica e achou que hava pouco sangue. Ah Ah

Ana C. disse...

Tasha Tuga no seu melhor, sim é verdade. E adorei essa lembrança da Merda. Ah Ah Ah

Ana C. disse...

Socas eu sou exactamente como tu. Nem sequer consigo olhar. Ponho duas talas nos olhos e siga em frente...

InêsN disse...

concordo, concordo, concordo!!!

Only Words disse...

Portugal no seu melhor...ups, pior! Quando isso me acontece, e já o fiz, sou menina para me arreliar a sério. Daquelas que parece estar a ter um ataque de espasmos dentro do carro! Apre, gentinha "piquenina"

Brisa disse...

Quando passam devagarinho para beber o máximo de sangue alheio possível devem pensar "coitado, teve azar". E depois, "fixe, não fui eu!" e aí desatam a acelerar e a asneirar como se não houvesse amanhã! O tuga acha sempre que o azar nunca lhe bate à porta.

Ana C. disse...

Only Words é caso para dizer, QUE RAIVAAAA!!!!

Ana C. disse...

Brisa é que nem depois de ver a desgraça alheia eles abrem os olhos. Pensam mesmo sempre que com eles nunca vai acontecer nada.

Maria disse...

É mesmo a curiosidade tipica do portuguÊs...

beijinho.

Pedro Barata disse...

Subscrevo.