quarta-feira, 8 de abril de 2009

Uma Epidemia de Amor

Apesar de saber que a vontade é a força que conduz a nossa vida, gosto de acreditar que há uma parcela que não dominamos. Não sei em que mãos estará, ou que fios invisíveis regerão o caos que nos rodeia, mas sei que tudo tem uma percentagem de acaso, de sorte, de destino. Sei também que no dia em que deixar de acreditar nisto terei ficado um bocadinho mais vazia por dentro.
Há situações que me arrancam os pés do chão, que fazem com que o meu mundo pare para deixar entrar uma nova luz e eu tenho que saber render-me a elas e deixar-me iluminar por dentro.
Rendi-me às vossas histórias, umas simples, outras dolorosas, outras incríveis. Mas cada uma delas fez com que me reencontrasse de novo. Fez com que renovasse a minha esperança no amor.
A pessoa certa pode cruzar-se no nosso caminho por acaso, mas cabe-nos a nós agarrá-la com todas as forças. Cabe-nos a nós fazermos de tudo para que esse amor não se perca ao longo do caminho.
No amor há tanto de destino como de vontade.
O destino pode lançar-nos no encalço um do outro, mas é a nossa vontade que não deixa morrer esse amor, cuidando dele, alimentando-o, tratando-o como a dádiva preciosa que é.
Obrigada por me terem feito dar um valor suplementar à minha própria história através das vossas palavras.
Ainda estou a digerir os textos que li e acreditem que nenhum deles me deixou indiferente....

Por favor vão ler as histórias dos meus desafiados e outra história incrível de alguém que não foi desafiado (Xanuca).
Mariinha, Melissa, joaníssima, Ana., Miguel C., Socas, Xanuca, Rainha Mãe., JS

12 comentários:

HannaH Sophia disse...

obrigada por teres lançado este desafio...fiquei doida com as historias!!!!

Izzie disse...

Histórias de amor:)
é sem duvida uma excelente ideia!!

Toda a gente tem a sua, mais cedo ou mais tarde. E será sempre bom partilhá-la!

Beijoca

Ana C. disse...

Hannah Obrigada eu por teres seguido. Porque é que não escreves a tua história? Se te sentires desafiada força. Depois vem-me aqui dizer porque eu adoro ler uma história romântica...

Ana C. disse...

Izzie, há umas histórias que acabam melhor do que outras. Mas enquanto duram têm sempre o que contar...

JS disse...

Missão cumprida!Obrigada por me teres desafiado, adorei ter escrito aquele bocadinho de mim.

Costumo dizer que há pessoas que "puxam" pelo melhor de nós, acho que este teu desafio é isso mesmo...

Um abraço*

PS- O teu livro é delicioso, atempadamente falarei dele.

Ana C. disse...

JS meu Deus que fiquei deslumbrada com o tei jeito para contares uma boa história. Parabéns!
Quanto ao resto fico muito feliz :)

HannaH Sophia disse...

Ana C., talvez um dia;)

Ritinha disse...

Oh... Ja nao vou a tempo... :(
Nao que escreva bem, mas agora ja tinha escrito... :)
Mas nao quero por no meu blog. Se ainda te apetecer ler historias mal escritas e mal contadas sobre a vida de uma estranha diz e eu envio-te por email. :)
PS- O meu computador e americano. Nao tem acentos cedilhas e etc. :)

Ana C. disse...

Ritinha antes de tudo muito bem vinda! Ainda vais a tempo sim. Mas a única regra é que tens que pôr a história no teu blog para TODOS podermos ler. Assim é que tem piada :) Fico à espera...

Ritinha disse...

Ai... No meu não... Primeiro porque não escrevo bem e segundo porque não é uma história com um fim feliz e terceiro porque eu admito toda a minha parte da culpa... :) Não é algo que queira que quem me conhece saiba. LOL!Por isso so ia partilha-la com desconhecidos. :)
Mas não há problema. Ficou escrita e vou pô-la no meu blog privado.
Gosto muito do teu blog.
Um beijinho.

Eumesma disse...

Bem nem sei que diga a este desafio, foi a coisa mais lindaaaaaaaa mais bela, mais, mais, mais...aiiiiiiiiiii..;-).

Já li a da Marinha, já li a tua (aliás já o tinha lido da primeira vez) são ambas lindas cada uma á sua maneira, o que interessa mesmo á uma grande historia de amor não é???
Já li a da Joanissima mas quero lá voltar, adoro este tema!! ;-)

Ana C. disse...

Eumesma vou-me dedicar a isto de inventar desafios. Este sim tem piada :)
A Joaníssima escreveru 4 histórias, atenção para leres todas. Depois vai ler as outras claro.